Notícias

Entrar

Voltar Indea e Famato promovem palestra online sobre atualização de estoque de rebanhos


19 de Abril de 2023 às 15:56
Intenção é explicar sobre a campanha de atualização do estoque de rebanho, que começa dia 1º de maio
Luciana Cury | Indea-MT


A vacinação contra a febre aftosa no rebanho bovino não é mais necessária em Mato Grosso a partir deste ano. - Foto por: Tchélo Figueiredo/Secom-MT
A vacinação contra a febre aftosa no rebanho bovino não é mais necessária em Mato Grosso a partir deste ano.
A | A
A vacinação contra a febre aftosa no rebanho bovino não é mais necessária em Mato Grosso a partir deste ano.  Após 40 anos de trabalhos de imunização anual, o Estado atingiu o status de zona livre de febre aftosa sem vacinação. No lugar da vacina, os produtores rurais passarão a informar o Instituto de Defesa Agropecuária do Estado de Mato Grosso (Indea-MT) o número de animais que possuem na propriedade. Para esclarecer sobre a mudança, o Indea e a Federação da Agricultura e Pecuária do Estado de Mato Grosso (Famato) realizam amanhã (20.04), às 15h30, uma live no canal do Sistema Famato no Youtube.

A abertura será feita pela presidente da autarquia do Estado, Emanuele Araújo, e contará com palestra do coordenador de Defesa Sanitária Animal do Indea, João Marcelo Néspoli.

Durante a transmissão pela internet serão abordados temas como: ‘Plano estratégico 2017/2026 do Programa Nacional de Vigilância para Febre Aftosa’, ‘Como fazer a comunicação do estoque de rebanho?’, ‘Como fica a movimentação do rebanho entre os estados com a suspensão da vacinação’ e ‘Quais são as obrigações dos produtores rurais após a suspensão da vacinação contra a febre aftosa’.

Campanha de atualização de estoque de rebanho

A partir do dia 1º de maio, os produtores rurais de Mato Grosso precisarão atualizar o estoque de rebanho bovino junto ao Instituto de Defesa Agropecuária do Estado de Mato Grosso (Indea-MT). Esse procedimento é obrigatório. Além do número de bois, os produtores rurais de outras espécies como búfalos, cabras, ovelhas, suínos, cavalos, jumentos, mulas, galinhas, abelhas e peixes também precisarão fazer a comunicação da quantidade de animais na sua propriedade junto ao Indea.

O produtor rural que não fizer a comunicação não conseguirá emitir a Guia de Trânsito Animal (GTA), tendo impedida a comercialização dos animais, exceto abate. Também existe a previsão de outras penalidades, como aplicação de multas para aqueles que não realizarem a comunicação dentro do prazo. A campanha de atualização do estoque de rebanho termina dia 31 de maio.

Cadastro

É possível ir pessoalmente no escritório do Indea mais próximo e realizar a atualização do rebanho e dos dados cadastrais. O produtor rural pode também optar em fazer a comunicação de estoque pela internet, no módulo do produtor.

O Termo de Compromisso de Utilização do Sistema Integrado de Defesa Agropecuária do Estado de Mato Grosso, para que o produtor tenha acesso ao módulo do produtor está disponível no site do Indea, no link https://www.indea.mt.gov.br/servicos?c=6098838&e=8523067. O termo deve ser levado ao Indea para obter o login e senha de acesso.