Institucional

Defesa Sanitária Animal

Defesa Sanitaria Vegetal

Inspeção Sanitária Estadual

Classificação Vegetal

Anatomia, Identificação e Cubagem de Madeira

Processo Seletivo Edital 003/09

>>Guias de Recolhimento<<

Trânsito

Atividades Laboratoriais

Tabela de Preços

Orgãos de Defesa
Legislação
Calendário de Eventos Agropecuários

Estatística e Resultados

Notícias
Sistemas on-line
DETECTADO FOCO DA DOENÇA DE NEWCASTLE NO MATO GROSSO

 

Um foco da doença de Newcastle foi detectado numa propriedade de criação de aves de subsistência no município de Lambari d’Oeste, no Mato Grosso, informou hoje (31/10) a Coordenação da Sanidade Avícola do Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento. A doença foi constatada pela unidade de Campinas do Laboratório Nacional Agropecuário (Lanagro), que examinou amostras de animais provenientes do estabelecimento.


 


                A suspeita da doença foi notificada em 15 de agosto passado. No dia seguinte, uma equipe de veterinários do Instituto de Defesa Agropecuária do Estado de Mato Grosso (Indea) visitou a propriedade e coletou amostras das aves. O material chegou à unidade de Campinas do Lanagro em 24 de agosto e apresentava reatividade sorológica para doença de Newcastle nas provas de ELISA, que detecta anticorpos no soro das aves.


 


No último dia 24, as amostras foram encaminhadas ao teste para determinação do Índice de Patogenicidade Intracerebral (IPIC). O resultado virológico identificou a presença de vírus da doença de Newcastle com IPIC de 1,7 (um virgula sete). A Organização Mundial de Saúde Animal (OIE) considera amostras com IPIC superior a 0,7 como patogênicas.


 


            A propriedade onde ocorreu o foco tinha 46 aves em uma criação de fundo de quintal, ou seja, não era um plantel comercial. Do total, 26 morreram infectadas pela doença e outras 20 serão destruídas.  Foi estabelecida uma zona de proteção num raio de 3 Km ao redor do foco e, a partir dela, uma área de vigilância num raio de 7 Km. No raio de 10 Km que circunda o foco, não há nenhuma  propriedade de criação de aves no sistema de produção industrial.


 


Sob a supervisão do Mapa, o Indea está adotando nas zonas de proteção e vigilância as medidas sanitárias previstas no Plano Nacional de Contingência à Influenza Aviária e à Doença de Newcastle, incluindo a restrição de trânsito de animais e produtos de risco. Os procedimentos de limpeza e desinfecção também estão em andamento. Os trabalhos de investigação epidemiológica realizados até o momento não identificaram novas propriedades com suspeita de doença de Newcastle.


 


            A propriedade onde foi detectado o foco tem as seguintes distâncias das divisas dos estados vizinhos do MT: 240 Km do Mato Grosso do Sul, 348 Km de Rondônia, 500 Km de Goiás, 650 Km do Pará, 700 Km do Amazonas e 810 Km de Tocantins. O estabelecimento fica a 120 Km da fronteira com a Bolívia.

 

- Mais Notícias sobre ações de contenção de foco de Newcastle.

- Localização do foco da doneça Newcastle via Google Hearth*

 

*Para executar o arquivo é necessário o Google Hearth instalado na máquina


INDEA/MT - Instituto de Defesa Agropecuária  do Estado de Mato Grosso
Rua 02, S/Nº - Ed. Ceres - 2° Andar - Centro Político Administrativo - CPA - Cuiabá - MT
CEP : 78.050-970 - F
one: (65) 3613-6003 -
 
Disque Febre Aftosa: 0800-65-3015
Como estamos trabalhando: 0800-647-9990