SOCIAL

 
 
 
 
 
 
Disponibilizamos nesta seção a legislação pertinente as atividades do Indea:



Últimas adicionadas

  • Manual GTA Suideos 10.0
  • Dispõe sobre o armazenamento de produtos agrotóxicos e afins no Estado de Mato Grosso.
Quinta, 13 de novembro de 2014, 18h02 | Tamanho do texto: A- A+

Helicoverpa armigera


INDEA-MT

Esta praga é uma mariposa polífaga da família Noctuidae, apresenta hábitos noturnos. Trata-se de um inseto com alta capacidade de adaptação e cuja larva ataca as principais culturas de interesse comercial do Brasil. Dentre seus hospedeiros, pode-se citar: 

-algodão; 
-amendoim; 
-batata; 
-citrus; 
-ervilhas; 
-favas; 
-feijão; 
-feijão-caupi; 
-feijão-guandu; 
-grão de bico; 
-hortaliças; 
-linho; 
-milho; 
-prunus; 
-quiabo; 
-soja; 
-sorgo; 
-tabaco; 
-tomate, entre outros.


Devido a sua importância, foi declarada emergência fitossanitária no Estado de Mato Grosso, pela Portaria MAPA N.º 32, de 13 de janeiro de 2014 e prorrogada pela Portaria MAPA Nº 1.131, de 09 de dezembro de 2014. Atualmente, a praga encontra-se disseminada por boa parte dos municípios mato-grossenses. 

Nos municípios declarados como infestados pela praga, o produtor ou seu responsável técnico poderão solicitar, ao INDEA-MT, o “Pedido de Habilitação e Autorização de Uso Emergencial” de produtos formulados a base de Benzoato de Emamectina, no ESTADO DE MATO GROSSO, mediante requerimento apresentado à Unidade Local de Execução localizada no município onde encontra-se a propriedade. 

O produtor deverá manter o formulário “Registro de Uso” na propriedade para qual recebeu a homologação do Pedido de Habilitação e Autorização de Uso Emergencial do agrotóxico que tenha como ingrediente ativo único a substância Benzoato de Emamectina. 

Como medida prioritária, os produtores deverão adotar as medidas fitossanitárias previstas no Plano de Supressão da Praga, Helicoverpa armigera.

Abaixo os links da Instrução Normativa INDEA-MT nº 007/2016 de 31 de março de 2016.

Instrução Normativa INDEA-MT 007-2016 31 de Março de 2016

Anexo I

Anexo II

Anexo III

Mais sobre este assunto:

Preencha o formulário abaixo para receber nossos boletins: