SOCIAL

 
 
 
 
 
 
Disponibilizamos nesta seção a legislação pertinente as atividades do Indea:



Últimas adicionadas

  • Manual GTA Suideos 10.0
  • Dispõe sobre o armazenamento de produtos agrotóxicos e afins no Estado de Mato Grosso.
Terça, 02 de dezembro de 2014, 13h48 | Tamanho do texto: A- A+

Tuberculose bovina


Indea-MT

A tuberculose bovina é causada pelo Mycobacterium bovis é uma enfermidade de evolução crônica que acomete principalmente bovinos e bubalinos, caracteriza-se pelo desenvolvimento progressivo de lesões nodulares denominadas tubérculos, que podem localizar-se em qualquer órgão ou tecido.

 

Em 2009 foi realizado um estudo epidemiológico pra avaliar a prevalência da tuberculose bovina no Estado de Mato e identificou uma prevalência de 0,12% em fêmeas da espécie bovina e 1,3 em propriedades. Neste cenário, a melhor alternativa para se avançar no combate à doença é a implementação de estratégias de erradicação, a partir de um Sistema de Vigilância para detecção e saneamento de focos residuais. Com esse objetivo em julho de 2014 foi publicada a lei nº 10.149 que instituiu o plano de vigilância para a erradicação da tuberculose bovina, sendo um projeto pioneiro no país.

 

A combinação de baixas prevalências com bons Sistemas de Vigilância poderá classificar o Estado de Mato Grosso, como área em erradicação, trazendo grandes vantagens competitivas no mercado internacional.

O que consistirá este plano de vigilância?
O plano consistirá na implementação de um sistema de detecção e rastreamento de focos a partir de lesões em abatedouros. Em resumo, quando o serviço de inspeção identificar lesões características de tuberculose bovina na linha de abate, será encaminhado para confirmação laboratorial e em caso positivo a propriedade de origem será identificada com posterior saneamento.

PROPRIEDADE COM CASO POSITIVO DE TUBERCULOSE DEVERÁ REALIZAR SANEAMENTO OBRIGATORIAMENTE - PORTARIA SEDRAF/INDEA 009/2014.

Mais sobre este assunto:

Preencha o formulário abaixo para receber nossos boletins: