SOCIAL

 
 
 
 
 
 
Disponibilizamos nesta seção a legislação pertinente as atividades do Indea:



Últimas adicionadas

  • Manual GTA Suideos 10.0
  • Dispõe sobre o armazenamento de produtos agrotóxicos e afins no Estado de Mato Grosso.
Terça, 11 de novembro de 2014, 18h26 | Tamanho do texto: A- A+

A Raiva não tem cura, mata!


INDEA-MT

A Raiva dos Herbívoros é uma doença causada por um vírus da família Rhabdoviridae, gênero Lyssavirus, SEMPRE FATAL. Acomete todos os mamíferos e silvestres, inclusive o HOMEM!

 

Na zona rural e na periferia da zona urbana o PRINCIPAL TRANSMISSOR da Raiva é o morcego hematófago (VAMPIRO); o morcego DOENTE elimina o vírus pela saliva quando alimenta-se do sangue dos animais.

 

Ocorre em várias regiões do Estado de Mato Grosso, causando prejuízos para a pecuária Matogrossense e também é um grave problema de saúde pública.

 

Principais sintomas da Raiva no animal:
- apatia;
- isolamento do restante do rebanho;
- agressividade;
- andar cambaleante;
- opacidade de córnea;
- dificuldade para engolir líquidos;
- dificuldade de defecar (fezes ressecadas);
- paralisia dos membros;

 

Controle da Raiva dos Herbívoros:
Vacinação
- Vacinar todo o rebanho com vacina INATIVADA;
- Vacinar somente animais acima de 3 meses;
- Revacinar os primovacinados 30 dias após a primeira dose.

Controle populacional do morcego hematófago:
- A captura de morcegos hematófagos nas propriedades é realizada gratuitamente pelo Médico Veterinário do INDEA/MT;
- Vigilância (atendimento de casos suspeitos).

Orientações:

Comunique sua vacinação contra Raiva no escritório do INDEA/MT
Na suspeita de um animal acometido pela doença:
- Isolar o animal do restante do rebanho;
- Nunca manipular o animal;
- Não consumir a carne do animal;
- Procurar imediatamente um escritório do INDEA do seu município;
- No caso de mordedura no homem ou contato com animais suspeitos;
- Lavar com água e sabão o ferimento.
- Procurar a Secretaria Municipal de Saúde.
- Comunicar ao INDEA/MT do seu município.

Mais sobre este assunto:

Preencha o formulário abaixo para receber nossos boletins: