Pular para o conteúdo
Voltar

Fiscais do Indea vão percorrer 57 propriedades de MT em ações de vigilância

Ações garantem que o pescado que chega à mesa do consumidor cumpra as medidas de biosseguridade
Débora Siqueira | Assessoria/Indea

engorda de alevinos - Foto por: Assessoria
engorda de alevinos
A | A

Fiscais do Instituto de Defesa Agropecuária do Estado de Mato Grosso (Indea) vão percorrer 57 propriedades produtoras de alevino em ações sistemáticas de vigilância veterinária e educação sanitária. A visitas iniciam na segunda quinzena de dezembro, dentro do Programa Estadual de Sanidade dos Animais Aquáticos. 

As ações de vigilâncias veterinárias do Indea buscam verificar junto às alevinoculturas as medidas de biosseguridade implantadas nos estabelecimentos produtores e prestar orientações sobre a importância dessas ações para o crescimento consistente da atividade dentro do Estado. Esta é mais uma das ações do Indea para garantir que o alimento que chega à mesa dos consumidores tenha procedência e qualidade na produção.

A iniciativa também visa criar um canal de comunicação entre médicos veterinários oficiais e piscicultores mato-grossenses, garantindo um fluxo de informação imprescindível para a produção de alevinos saudáveis no Estado.

Atualmente Mato Grosso configura como o 2º maior produtor de peixes nativos (Tambaqui, Surubim, Pacu e Piau) e o 5º maior produtor de peixe de cultivo do país. Em 2019, produziu 49 mil toneladas de pescado.