Pular para o conteúdo
Voltar

Indea-MT capacita servidores para uso de drones em fiscalizações

Objetivo é aprimorar as atividades do órgão, em especial, auxiliar nas inspeções em locais de difícil acesso
Viviane Moura | Sedec-MT

- Foto por: Assessoria
A | A

O Instituto de Defesa Agropecuária de Mato Grosso (Indea-MT) realizou o curso de “Operação de aeronaves remotamente pilotadas – Drone Asa Rotativa”, entre os dias 08 e 10 de julho. A capacitação feita em parceria com o Serviço Nacional de Aprendizagem Rural (Senar-MT) tem o intuito de qualificar os servidores para pilotagem dos drones e o processamento das imagens obtidas.

A primeira turma foi formada por 14 servidores das unidades regionais de Cáceres, Pontes e Lacerda, Matupá e das coordenadorias técnicas da sede do órgão.

Evolução tecnológica

O Indea-MT irá adquirir, nos próximos meses, quatro drones visando aprimorar as atividades do órgão, tendo em vista a inúmeras aplicabilidades dos equipamentos nas fiscalizações agropecuárias, que vão desde o mapeamento das áreas, identificação e monitoramento de doenças, localização e contagem de animais.

Segundo o diretor técnico do Indea-MT, Renan Tomazele, os veículos aéreos não tripulados também irão auxiliar nas inspeções em locais de difícil acesso e na localização de ilícitos remotamente.

“O uso de drones nas atividades de rotina do órgão trará mais agilidade às fiscalizações, e consequentemente, mais eficiência ao serviço prestado. Por isso, iremos capacitar mais servidores para operar os aparelhos”, ressaltou Tomazele.





Editorias